Mundo WhoDat

A casa do torcedor do New Orleans Saints no Brasil!
New Kids on the Block: Cesar Ruiz – C/G

New Kids on the Block: Cesar Ruiz – C/G

Nessa série de textos irei abordar os nossos calouros e pra começar vamos com a nossa escolha mais controversa do draft.

  • Cesar Ruiz
  • Posição: C/G
  • Universidade de Michigan

A escolha de Ruiz não causou problemas com a torcida e analistas do Saints por conta da habilidade ou não do jogador (que trataremos abaixo), mas sim pela posição e sua necessidade no elenco. Porém a insatisfação com o interior da linha, e em especial, com Larry Warford, é um assunto no Saints que Sean Payton vinha abordando abertamente nas entrevistas ao longo do ano.

Poderia ser encarado com uma certa implicância com o jogador, mas o fato é que Warford não vem de um bom ano, aparentemente apresentou-se fora de forma do início da temporada, está em final de contrato e a idade não ajuda seu caso. Tendo em vista a ideia de aproveitar o provável último ano de Brees, faz-se clara a necessidade de mantê-lo o mais confortável possível para desempenhar seu jogo, assim como tentar reviver o jogo corrido do Saints que caiu muito de 2018 para 2019.

Outra questão é como o Saints valoriza Andrus Peat frente ao seu colega. Com a renovação de Peat, a franquia avalia a possibilidade dele se desenvolver mais, muito pela idade, além de sua versatilidade para jogar como tackle quando necessário, o que Warford não faz.

Dentro de todo esse contexto, Ruiz apresenta-se como uma ótima opção para melhorar o interior da linha ofensiva do Saints, principalmente, em termos atléticos.

Cesar teve um combine excepcional e seus vídeos seguem os testes, o ex-Wolverine é incrível em movimento, chega a ser estranho ver um rapaz deste tamanho fazendo pulls e correndo em campo aberto com tal mobilidade.

(O RAS dá uma nota de 0 a 10 aos jogadores baseado nas medições e testes utilizando um algorítimo. Fonte: relativeathleticscores.com)

Mais alguns pontos positivos: Ruiz tem mãos enormes e isso permite que tenha um ótimo controle na linha de scrimmage, além disso por ser muito forte, ele tende a dificultar muito a vida dos defensores quando posicionado, é difícil movê-lo quando ele tem o domínio do peito do adversário.

Seguindo a linha de um bom center na NFL, Ruiz tem ótimo QI, além de consistência e experiência tendo sido titular em 31 jogos no college, mesmo sendo muito jovem (Ruiz chegará em seu primeiro ano na NFL com apenas 21 anos completados).

Alguns pontos que deixam a desejar no jogo de Ruiz são, sua envergadura, que pode dificultar o seu posicionamento, seu trabalho de pés que pode melhorar, principalmente protegendo o passe, e os bloqueios no segundo nível, onde poderá otimizar seu atleticismo.

A ideia do Saints é que Ruiz lute por uma posição no time titular logo de início, conforme declarado por Sean Payton no dia do draft, fica em aberto se será como center e McCoy movido para guard, ou se será substituto direto de Warford do lado direito da linha. De qualquer forma, o Saints adquiriu um jogador que pode contribuir logo de início e perdurar como titular durante vários anos.

https://www.youtube.com/watch?v=yaSAU2zBKkY

Please follow and like us:

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.