Mundo WhoDat

A casa do torcedor do New Orleans Saints no Brasil!

PÓS-JOGO: 24×0 vs. Raiders – Vencemos e Convencemos

Finalmente o torcedor do New Orleans Saints pode soltar o ar e passar o resto do domingo tranquilo. Quando o cronômetro zerou no último quarto do jogo contra o Las Vegas Raiders e o placar de 24-0 se confirmou, todos pensaram: finalmente vencemos e, especialmente, convencemos.

O New Orleans Saints conquistou sua terceira vitória no domingo (30) e, pela primeira vez na temporada, podemos falar que o time jogou bem de ponta a ponta. Claro, o adversário é um time que está no nosso atual patamar, afinal os Raiders entraram no confronto com apenas duas vitórias, assim como os Saints. Porém, o time da capital do entretenimento dos Estados Unidos chegou à New Orleans com uma sequência de jogos com 32, 29 e 38 – sendo apenas o segundo uma derrota, contra o rival Kansas City Chiefs, por um ponto. Os Raiders chegaram embalados pelos últimos resultados e saíram do estado da Louisiana com uma derrota por zero.

Alvin Kamara Esporte Clube

No ataque, os Saints voltaram sua atenção para quem nunca deveriam ter ignorado. Alvin Kamara é o astro do setor e Pete Carmichael precisa lembrar disso em todos os jogos – o running back finalmente, na semana 8, marcou seus três primeiros touchdowns. Ele teve um TD terrestre e outros dois aéreos, lembrando novamente o coordenador ofensivo da equipe da necessidade de incluí-lo no jogo aéreo. Kamara terminou com 158 jardas totais.

Taysom Hill foi outro jogador com uma participação positiva no jogo, com 61 jardas em 10 corridas. Chris Olave segue sendo o wide receiver com maior produção da liga, recebendo cinco passes para 52 jardas no jogo.

Além disso, outro ponto importante foi Andy Dalton. Ele não é o quarterback dos sonhos do torcedor de New Orleans, porém é nele que precisamos depositar nossa confiança. Dalton terminou o jogo com 22 passes para 229 jardas e dois passes para touchdown. Após o vexame de sofrer duas pick-sixes em menos de dois minutos, ele soube cuidar bem da bola e foi muito bem protegido. 

O verdadeiro astro do jogo

Mas, a vitória não teria ocorrido sem o ótimo jogo da defesa. O setor foi, finalmente, aquele mesmo que vimos nos últimos anos, com um jogo imponente e sem deixar o adversário respirar. Na temporada, a defesa cedeu 28,6 pontos por partida, a segunda pior marca da liga. Na semana 8, conseguiu seu primeiro shutout desde o 9-0 contra o Tampa Bay Buccaneers, na semana 14 da temporada passada. O Las Vegas Raiders teve um snap no campo de ataque apenas no garbage time, no fim do último quarto. 

Pete Warner é o grande nome do setor até então e neste jogo não foi diferente. Ele liderou o time com 11 tackles, sendo sete solo, e desviou um passe que, no fim, foi interceptado por Tyrann Mathieu. O Texugo do Mel foi outro jogador importante no jogo, que além da interceptação também teve dois passes desviados. O defensive end Payton Turner teve dois sacks, chegou em Derek Carr outras duas vezes e teve dois tackles para perda de jarda. 

A secundária cedeu apenas nove jardas entre Davante Adams e Hunter Renfrow, os principais recebedores ativos para o jogo dos Raiders. Foi uma apresentação perfeita de um setor que nos deu muitas dúvidas nesta temporada até então.

Finalmente…

Vencemos. O próximo jogo será contra o Baltimore Ravens no Monday Night Football, dia 7, e será muito complicado. A esperança é que, com maior tempo de descanso e ânimo após um jogo perfeito contra o Las Vegas Raiders, tenhamos, finalmente, uma sequência de boas atuações e vitórias.

(Foto: Twitter/@NewOrleansSaints)

Please follow and like us:

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.