Mundo WhoDat

A casa do torcedor do New Orleans Saints no Brasil!
A defesa precisa entender que a temporada não acabou na semana 1

A defesa precisa entender que a temporada não acabou na semana 1

Nos últimos anos, o torcedor do Saints ficou muito mal acostumado, tanto que não via o time perder 2 jogos seguidos a um bom tempo. O time de New Orleans perdeu duas partidas seguidas pela primeira vez, em três anos.

Mas o que será que está acontecendo com o nosso tão amado time? Claro que não podemos deixar de ressaltar a qualidade do time de Green Bay, que possui um dos ataques mais dominantes da liga e um dos melhores QBs da liga. Afinal, um time que marca 122 pontos em 3 jogos, e está 3-0, é um sério candidato a seed 1 da NFC.

Mesmo com todos esses fatos, a defesa do Saints deixou muito a desejar no último jogo (contra Las Vegas também). Vale ressaltar que muitas inconsistências aconteceram durante todos os jogos da temporada e isso é preocupante, pois quando você erra e não joga bem, o certo é que o time analise os seus erros e tente corrigi-los para a próxima semana. Todavia, não é isso que está acontecendo.

Cadê a pressão da linha defensiva?

Todos sabem da capacidade técnica da linha ofensiva do Saints (que deve ficar ainda melhor com o retorno de Davenport), contudo, contra Green Bay, a defesa não conseguiu pressionar o Rodgers. O QB do Packers recuou 34 vezes para lançar a bola, e a linha defensiva do Saints variou diferentes esquemas de pressão, tanto que em mais de 50% dos snaps, 5 ou mais jogadores foram em direção de Rodgers. Todavia, os esforços não foram frutíferos.

O Saints conseguiu pressioná-lo somente 5 vezes, e conseguiu 1 sack, quando Demario Davis não foi tocado em um blitz e conseguiu o sack. Vale lembrar que todos o TDs lançados por Rodgers foram contra blitz.

Aqui estão alguns dados:

• Rodgers vs. 4-man rush: 11-de-18, 236 jardas, 13 jardas corridas, 3 pressões, 105.1 de rating.

• Rodgers vs. 5 ou 6-man rush: 10-de-14, 61 jardas, 3 touchdowns, 2 pressões, 119.4 de rating.

Aaron Rogers é muito bom em identificar e queimar blitz. Além de ter utilizado sua experiência para encontrar seus recebedores, e saber a hora certa de lançar uma bola longa. Foram duas “big plays” durante o jogo que aconteceram em cobertura homem a homem.

Em ambas jogadas de Green Bay, a linha defensiva do Saints não conseguiu pressionar o Qb adversário (que teve tempo de plantar os pés e lançar um belo passe), tanto que em uma das jogadas, o jogador mais próximo do Rodgers era Trey Hendrickson, que estava a umas 8 jardas do QB.

E para a surpresa de ninguém, a defesa do Saints, mais uma vez, não conseguiu conter as jogadas de “bootleg” e play action do Packers. Sempre que Rodgers fingia que ia entregar a bola para o RB, e depois lançava, o torcedor do Saints já sentia que a defesa não iria conseguir conter a jogada.

[youtube=http://youtube.com/watch?v=Ayb3ZinvIno&ab_channel=NFL]

Green Bay utilizou jogadas muito parecidas com as que Las Vegas utilizou na semana anterior, pois o time deve ter estudado e percebido como a defesa do Saints é frágil contra essas jogadas, e aproveitou para explorar esse ponto fraquíssimo da defesa.

Enfim, com relação a linha defensiva, foi possível identificar que eles não conseguiram fazer um bom jogo, principalmente Cam Jordan. Ele está longe de ser o jogador das últimas temporadas e todos sabem que ele pode render e jogar muito mais. Contudo, a linha não foi a única culpada.

Procura-se a Secundária do Saints (não vista desde a semana 1)

Como já foi dito, o Saints sofreu para conseguir parar o ataque de Green Bay, e sempre que um time sofre 37 pontos (todos os pontos efetuados pelo ataque do Packers), é possível afirmar que a defesa não foi decente.

A secundária deixou a desejar mais uma vez. Jogadores bons não estão jogando bem, Marshon Lattimore parece que esqueceu como marcar recebedores que não sejam Mike Evans. Nessas duas últimas semanas ele estava irreconhecível, e ele é um jogador fundamental para o bom desempenho de nossa defesa.

As “big plays” do Packers aconteceram em marcações homem a homem, e Lattimore era um dos marcadores em uma das jogadas. Mas não foi só ele o culpado, Marcus Williams e Janoris Jenkins não jogaram bem, além de terem feito faltas idiotas em momentos críticos. Malcom Jenkins mostrou uma certa evolução, depois de uma atuação horrorosa contra o Raiders, e pode ter sido um dos melhores da nossa defesa, mas ainda está longe do ideal.

As faltas, como tiveram faltas. O Saints se mostrou mais uma vez um time indisciplinado, tanto no quesito faltas, como em atuação. E todos sabem que times indisciplinados não chegam longe.

Resumindo

Essa foi mais uma partida triste da nossa defesa (o ataque também deixou a desejar em momentos importantes). O intuito desse post foi focar no aspecto defensivo da partida, e foi possível perceber que o Saints não conseguiu pressionar o Rodgers e não conseguiu impedir seus passes (devido a péssima atuação da secundária).

Todos sabem que essa defesa pode jogar muito melhor, pois conseguiu no ano passado e em 2018. Todos os torcedores esperam que Sean Payton, Dennis Allen e os jogadores sentem e percebam que eles não estão com essa bola toda, muitos ajustes devem ser feitos a fim de não jogar essa temporada fora.

Practice Squad

O jogador de linha ofensiva Will Clapp, foi contratado para o practice squad do time, ele havia sido dispensado antes da semana 3.

Fonte: nola.com

Please follow and like us:

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.