Mundo WhoDat

A casa do torcedor do New Orleans Saints no Brasil!
Alvin Kamara não irá contestar acusação de agressão de incidente em Las Vegas em 2022

Alvin Kamara não irá contestar acusação de agressão de incidente em Las Vegas em 2022

Por Jeff Duncan, em 11 de julho de 2023. Traduzido e adaptado por José Eduardo Zanon.

O running back do New Orleans Saints, Alvin Kamara, não contestou uma acusação de agressão por um incidente de 2022 em Las Vegas, de acordo com uma reportagem de terça-feira da KLAS-TV em Las Vegas.

Como resultado do acordo, Kamara terá que prestar serviços comunitários e pagar US$ 100 mil à vítima do incidente, Darnell Greene, por despesas médicas, de acordo com o relatório.

O advogado de Greene em Houston, Tony Buzbee, divulgou uma carta de desculpas de Kamara a Greene nas redes sociais: “Por favor, aceite minhas sinceras desculpas pelos eventos de 5 de fevereiro de 2022 em Las Vegas“, disse Kamara na carta. “Estou grato por podermos chegar a um acordo neste infeliz incidente e desejo-lhe o melhor para o futuro.”

Alvin Kamara conversa com torcedores
O running back do New Orleans Saints Alvin Kamara conversa com torcedores durante o aquecimento para o jogo contra o Las Vegas Raiders em 30 de outubro de 2022, no Caesars Superdome, em Nova Orleans, Louisiana.

O caso será encerrado e Kamara terá 90 dias para concluir todas as condições, de acordo com documentos judiciais. Uma verificação foi agendada para 12 de outubro, às 9h30, para garantir que as condições do acordo sejam atendidas.

Além de Kamara, o cornerback Chris Lammons do Cincinnati Bengals e outros dois homens também foram indiciados em março sob a acusação de conspiração para cometer agressão e de agressão resultando em danos corporais substanciais, decorrentes de um incidente que aconteceu em 5 de fevereiro de 2022, antes do Pro Bowl em Las Vegas.

“Estávamos orgulhosos de representar Darnell Greene no caso Darnell Greene versus Alvin Kamara, e agora podemos anunciar que este assunto foi resolvido em termos confidenciais”, comunicou o advogado Buzbee, através de suas redes sociais, sobre a realização do acordo.

Greene entrou com uma ação civil contra Kamara no Tribunal Distrital Civil de Orleans no ano passado pedindo US$ 10 milhões em danos. Ele alegou no processo que Kamara e os outros homens o espancaram do lado de fora de uma boate em Las Vegas, atingindo-o no rosto várias vezes, e ele disse à polícia que foi chutado e socado por várias pessoas enquanto caía no chão. Assim que caiu no chão, segundo ele, continuou a levar golpes do grupo. O relatório da polícia disse que Greene sofreu uma fratura óssea em sua órbita ocular.

Kamara comemora com fãs em 2018
Kamara comemora com fãs na torcida após touchdown em jogo em casa contra os Bucs, em 9 de setembro de 2018 .

Kamara e os Saints agora aguardarão ação disciplinar da NFL por uma potencial violação da política de conduta pessoal da liga. Essa política de conduta, que foi atualizada e aprovada pelos proprietários da liga e pela NFL Players Association em 2014, afirma que “todos que fazem parte da liga devem abster-se de conduta prejudicial à integridade e à confiança pública na NFL”.

A política diz ainda: “Se você é condenado por um crime ou sujeito a uma disposição de um processo criminal, você está sujeito à disciplina. Mas mesmo que sua conduta não resulte em uma condenação criminal, se a liga descobrir que você se envolveu em uma conduta [proibida pela política], você estará sujeito à disciplina.”

A liga considera “a conduta de qualquer pessoa na liga que seja ilegal, violenta, perigosa ou irresponsável, que coloca vítimas inocentes em risco, prejudica a reputação de outras pessoas no jogo e diminui o respeito público e o apoio à NFL” como uma potencial violação da política e, portanto, sujeita à disciplina da liga.

Violações envolvendo agressão, violência doméstica ou agressão sexual resultarão em uma suspensão inicial de seis jogos sem pagamento, com mais se fatores agravantes estiverem presentes, como o uso de uma arma ou um crime contra uma criança.

“Estamos monitorando de perto todos os desenvolvimentos no assunto, que permanece sob revisão”, disse um porta-voz da NFL em um comunicado nesta terça-feira, dia 11.

Os Saints abrem seus treinos (training camp) em 25 de julho no centro de treinamento da equipe em Metairie, Lousiana.

Traduzido de: nola.com/

Imagem de capa: Steve Luciano/AP

Please follow and like us:

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.