Mundo WhoDat

A casa do torcedor do New Orleans Saints no Brasil!
Derek Carr fala sobre os comentários de Michael Thomas

Derek Carr fala sobre os comentários de Michael Thomas

Derek Carr responde a comentários feitos por Michael Thomas recentemente.

Por John Hendrix | Traduzido por Bruno Starling

2 DE FEVEREIRO DE 2024 19:53 EST

O quarterback do Saints, Derek Carr, foi o centro das atenções recentemente, depois que Michael Thomas foi às redes sociais expor alguns pontos interessantes.  Dentre eles, havia a insinuação de que Carr teria lançado uma bola ruim que o teria levado à lesão. A última vez que Thomas jogou foi contra os Vikings, quando ele saiu com uma lesão no joelho. Recentemente Carr se juntou a James Jones e Amber Theoharis em Two G’s in a Pod para falar sobre a temporada, e ele abordou os comentários.

Carr: “Vou começar dizendo que eu adoro Mike T. De verdade. Eu adoro ele.”

“Eu acho que quando cheguei, não sei quantos anos foram onde ele se machucava e não conseguia terminar a temporada, mas… houve muita frustração naquele momento. Havia muita frustração com a qual ele tinha que lidar, e responder a perguntas, e todo esse tipo de coisas, e eu podia ver como isso poderia ser desgastante, certo? Então, quando isso acontece de novo, meu Deus, isso provavelmente é difícil pra mente e pro coração, sabe, tipo ‘Puxa vida’.”

“Eu nem sei exatamente quando aconteceu, mas provavelmente não foi a melhor bola, e vou ser completamente honesto, James (Jones) sabe. Ele jogou comigo. Não vou jogar uma bola perfeita todas as vezes. No final do dia, eu provavelmente não joguei a melhor bola. Sabe, se é assim que ele quer ver e como ele quer ver, por mim tudo bem. E entendo também que quando cheguei ao Saints, havia o Chris Olave, que eles estavam tentando treinar para ser o cara número 1. Então, de repente, a cada jogada e a cada leitura no treinamento, Chris é o principal. E como Mike é e tem sido uma superestrela, posso entender que ele está lidando com todo o barulho da lesão. Ele está lidando com isso agora, Chris se tornou um grande cara – e ele ama o Chris, ele é o amigo vindo de Ohio State e tudo isso – mas eu posso entender onde a frustração começa a crescer. Posso entender onde todas essas coisas começam a acontecer. Mas, houve momentos durante a temporada em que ele ficava frustrado, e eu não tuitava sobre isso, eu apenas ligava para ele. E eu ficava tipo, ‘Olha, mano, as coisas são assim. Somos homens adultos. Podemos conversar sobre qualquer coisa.’ E toda vez que eu ia lá e falava com ele, havia momentos em que eu ia até ele e o confrontava sobre alguma coisa e dizia alguma coisa, e ele provavelmente, com o tempo, com toda a frustração contribuiu para não gostar disso. Mas eu sempre tentei dizer a verdade com amor, e às vezes as pessoas não gostam disso.”

“Espero que o Mike encontre o que está procurando. Espero que ele consiga tudo o que quer na vida, porque eu adoro Mike. Naquele momento, eu realmente não gostei. É só me ligar, irmão, para dizer todas essas coisas. Senti como se estivéssemos ainda no ensino fundamental. Apenas fale comigo, e Mike foi ótimo em falar comigo, mas não naquele momento. É por isso que tento ficar longe das redes sociais. Cara, há tanto amor, há tanto ódio, apenas tente ficar longe disso.”

Os comentários levam a crer que Thomas e os Saints estão tomando direções diferentes nesta offseason, o que corrobora tudo o que a Saints News Network tem informado sobre a situação. Esta não é a primeira vez que Thomas está no centro das atenções por suas postagens nas redes sociais. No início de dezembro, Thomas tuitou durante o jogo dos Lions e depois desativou sua conta. Dennis Allen foi questionado sobre isso no dia seguinte, ao que ele respondeu: “Vamos tratar internamente. Acho que fui informado sobre isso ontem à noite.”

Imagem: New Orleans Saints wide receiver Michael Thomas (13) talks with quarterback Derek Carr (4) during NFL football practice in Metairie, La., Tuesday, June 6, 2023. (Catie Shea/The Times-Picayune/The New Orleans Advocate via AP) (Catie Shea / Associated Press)

Traduzido de: si.com

Please follow and like us:

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.