Mundo WhoDat

A casa do torcedor do New Orleans Saints no Brasil!
Derek Carr sobre sua lesão: Se eu estiver em campo, então ‘estou bem’

Derek Carr sobre sua lesão: Se eu estiver em campo, então ‘estou bem’

Katherine Terrell, ESPN Staff Writer 27 de setembro de 2023, 18h39 ET

Traduzido por Bruno Starling

METAIRIE, La. – O quarterback do New Orleans SaintsDerek Carr, disse que está levando as coisas “dia a dia” enquanto se recupera de uma lesão no ombro direito que pode fazer com que ele fique algum tempo longe de campo.

A participação de Carr no jogo de domingo contra o Tampa Bay Buccaneers ainda não foi descartada, mas ele não treinou na quarta-feira devido a uma distensão da articulação AC. Jameis Winston treinou em seu lugar enquanto Carr observava.

“Vou fazer tudo o que puder para estar em campo com meus companheiros e, se puder jogar, jogarei”, disse Carr na quarta-feira. “Se fisicamente não puder jogar, então que seja. Mas se eu estiver em campo, isso significa que não há medo de nova lesão, não há medo de … ser capaz de ajudar a equipe. Estou fazendo tudo o que posso para estar em campo e, ao mesmo tempo, não quero prejudicar o time.”

O técnico dos Saints, Dennis Allen, disse na segunda-feira que Carr será avaliado ao longo da semana antes que a equipe tome uma decisão. Nesta quarta-feira, ele manteve este posicionamento.

“Ele está se sentindo melhor hoje”, disse Allen. “Vamos avaliá-lo para ver como ele estará amanhã e esperamos poder vê-lo de volta ao campo … Não estou descartando nada.”

Ele acrescentou: “Essa não é a situação em que gostaríamos de estar… sem o seu quarterback titular. Isso complica um pouco as coisas e, no entanto, nos sentimos confiantes de que Jameis poderá entrar e nos ajudar a vencer. Se ele for escolhido para desempenhar este papel, nós vamos para campo e vamos jogar bem.”

Carr disse que ainda se sentiria confiante em sua capacidade de jogar no domingo, mesmo que não treinasse durante a semana, mas que não jogará se não achar que sua participação beneficiará a equipe.

“Eu não estou dizendo que eu não preciso treinar, todo mundo precisa, mas às vezes as situações são diferentes, entende? E especialmente durante a temporada, você quer o máximo de treinos possível “, disse Carr. “Ainda há alguns pontos que estou passando com os treinadores e ainda há coisas que estou fazendo para … ver onde estamos.

– Mas, se eu não lançar uma bola a semana toda – quem sabe se vai ser esse o caso -, mas se for, ainda me sentiria confiante no domingo. … Nunca vou colocar a equipe num mau lugar considerando nosso elenco. Se estiver em campo, isso significa que me sinto confiante e que estou bem. Estou firme, isso significa que estou pronto para jogar e posso nos ajudar a vencer.”

Carr disse que a decisão sobre sua participação no jogo será conjunta entre ele e os treinadores e será tomada com base em como ele estiver se sentindo.

“É um pouco dos dois”, disse ele. “Você tem que levar em conta o que vê, e eles têm que levar em conta o que eu sou capaz de fazer sob os olhos deles, sabe? Se dependesse apenas de mim, eu diria: ‘Sim, eu vou jogar. Vou jogar hoje.’ Eles provavelmente teriam algo mais a dizer. Então, temos que trabalhar juntos. DA [Dennis Allen] e eu conversamos e estamos na mesma página. … É sobre ganhar e é sobre a equipe. Mas se eu sentir que posso nos ajudar a vencer e estiver confiante, então estarei em campo.”

Carr disse que inicialmente temia o pior depois de ter sido sacado no terceiro quarto da derrota por 18-17 dos Saints para o Green Bay Packers. Ele deitou no gramado antes de ir para a tenda médica com os preparadores físicos, depois foi para um hospital para ser avaliado e passar por exames de raios-X.

“Para mim, é muito importante”, disse Carr. “Isso significa que obviamente algo não está certo. … Há certas coisas que você poderia fazer para ainda estar em campo, mas naquele momento eu não conseguia nem levantar o braço para lançar a bola. Foi difícil naquele momento. Então, você fica com receio. Obviamente, você é humano. Você teme tudo. Mas eu apenas confio em Deus, que vou ficar bem, fosse uma notícia boa ou ruim. Eu sabia que ia ficar bem de qualquer maneira.”

Carr perdeu apenas dois jogos de temporada regular em sua carreira na NFL devido a lesões. Ele quebrou a fíbula no final da temporada de 2016 e perdeu um jogo durante a temporada de 2017 com uma fratura nas costas.

“Tenho muito orgulho de não perder jogos de futebol, não importa o que aconteça”, disse Carr. “É difícil de engolir, mas ao mesmo tempo, olhando para o futuro, o quanto tempo dura uma temporada e tudo isso, você tem que ser inteligente. Foi sobre isso que DA e eu conversamos. … Estou me preparando. Estou me preparando para jogar, assim como Jameis, assim como Taysom [Hill]. Estamos todos nos preparando para fazer qualquer que seja o nosso papel e espero que eu possa atuar. Mas, para mim, bem, vamos manter isso em suspenso por enquanto.”

Traduzido de: espn.com/nfl

Imagem de capa: GREEN BAY, WISCONSIN – 24 DE SETEMBRO: Derek Carr #4 do New Orleans Saints aponta para as sidelines durante o segundo quarto contra o Green Bay Packers no Lambeau Field em 24 de setembro de 2023 em Green Bay, Wisconsin. (Foto de Patrick McDermott/Getty Images) – Patrick McDermott/Getty Images

Please follow and like us:

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.