Mundo WhoDat

A casa do torcedor do New Orleans Saints no Brasil!
Pós jogo (1-0) – Saints 34×23 Bucs: Mais do mesmo

Pós jogo (1-0) – Saints 34×23 Bucs: Mais do mesmo

A partida gerava muita expectativa neste domingo (13). Afinal, um time novo com algumas das maiores estrelas da liga enfrentava uma equipe que já é consolidada como uma das melhores da NFL. Mas assim que a bola voou o que vimos foi mais do mesmo. Mesmo com o ataque mal, o New Orleans Saints conseguiu abrir vantagem e vencer o Buccaneers por mais de 10 pontos.

Mas peraí. Fizemos 34 pontos e o ataque foi mal? O LB Demarios Davis não concorda. “O ataque pode ter tido problemas, mas sempre que você tiver 40 pontos no placar, eu não vou dizer que você teve problemas”. Só que o próprio ataque do Saints admite a dificuldade.

“Ofensivamente esse foi, provavelmente, meu pior jogo como o cara que chama as jogadas do time”, disse o técnico Sean Payton. “Apenas tentando encontrar ritmo e tempo. Isso foi péssimo”.

Drew Brees fez coro ao treinador. “Nós seremos nosso maior crítico neste jogo. Nós estamos acostumados a jogar em um nível muito mais alto, especialmente no jogo aéreo. Então precisamos voltar ao caminho”.

Brees ainda deu muito crédito ao coordenador defensivo do Bucs, Todd Bowles. A defesa adversária fez várias marcações e pressões em zona. “Pelo menos conseguimos cuidar da bola. Corremos bem com ela, colocamos drives longos. Mas os times sempre tem um plano específico para nós, as vezes até jogando de forma diferente do que jogam contra outros times. Nós constantemente temos que ajustar durante o vôo. Nós definitivamente podemos fazer um trabalho melhor do que fizemos hoje”.

Agora, se o ataque foi mal, quem foi principal responsável pela vitória? A defesa.

A grande novidade e estrela, Tom Brady, foi limitado a 239 jardas com dois touchdowns e duas interceptações. Uma delas, feita por Janoris Jenkins, foi retornada para touchdown. O jogo corrido foi limitado a menos de 100 jardas, mantendo a sequência de a defesa não ceder 100 jardas para um RB desde 2017.  

“Para nós, foi importante por começar rápido”, disse Davis, que assinou uma renovação de contrato por três anos com o Saints. “Nós sabíamos que iriamos enfrentar um bom ataque, com muitas armas e um dos melhores quarterbacks que já jogaram esse jogo. Então, sabíamos do desafio. Nossa defesa foi fantástica, mesmo que exista algumas coisas para arrumar. Mantivemos os safeties em cima desses bons recebedores, então sobrou para a frente da defesa segurar o jogo corrido e fomos fenomenais neste trabalho. No fim, as interceptações fizeram a diferença. Marcus (Williams) fez o que faz desde que entrou na liga. Facilmente um dos melhores Free Safeties no jogo e Janoris Jenkins fez um dos objetivos da defesa”.

E tudo isso aconteceu em um dome que, normalmente é barulhento, mas por conta da pandemia de Covid-19 não pode receber público.

“Me senti como se estivesse em um jogo em Tampa Bay”, disse Cam Jordan.

https://www.youtube.com/watch?v=eUlgPM4IQbU

 

Please follow and like us:

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.