Mundo WhoDat

A casa do torcedor do New Orleans Saints no Brasil!
Pré-jogo: De volta ao trabalho

Pré-jogo: De volta ao trabalho

Existe um famoso ditado que diz: Tudo que é bom dura pouco. Foi bom, mas já acabou a nossa pequena folga do New Orleans Saints. Depois de 10 dias sem jogar, o Saints volta em ação contra o Indianapolis Colts fora de casa.

Ambos os times chegam para a partida com a campanha de 3 vitórias e 4 derrotas, porém com um retrospecto recente de 1-3 para ambas as equipes. Deste modo, Saints e Colts podem se apoiar nesse jogo como uma boa oportunidade de tentar se recuperar na competição.

Outra similaridade entre as equipes se dá na maneira como perderam o último jogo, lutando até o final e se frustrando. O Colts perdeu em um jogaço para o Cleveland Browns por 39×38, enquanto o Saints também perdeu no finalzinho por 31×24 contra o Jacksonville Jaguars. O Colts é o terceiro adversário seguido da AFC Sul que o Saints enfrenta, e a equipe de New Orleans vai tentar não sair dessa sequência com um vergonhoso 0-3.

Apesar dos pesares, o Saints costuma ter boas lembranças contra o Indianapolis Colts. Além de ter conquistado o Super Bowl XLIV diante dessa equipe, em confrontos na temporada regular, o recorde é positivo para equipe de New Orleans com 8 vitórias contra apenas 5 da equipe de Indiana.

Jonathan Bachman/Getty Images.

A realidade não é tão feliz assim. O Saints têm demonstrado ser uma equipe muito inconstante dos dois lados da bola, principalmente no ataque. A perspectiva de melhora não é tão grande, visto que o ataque segue sendo comandado pelo incompetente Pete Carmichael. Além dele, o ataque não tem sido bem gerido por Derek Carr, com erros que podem ser melhorados. Ainda assim, o ataque conseguiu romper a barreira dos 20 pontos na última partida e pode nos dar mais uma vez uma falsa esperança.

Entrando um pouco no aspecto do adversário, o Colts teve uma grande decepção quando sua escolha de primeira rodada Anthony Richardson teve que abandonar a temporada devido à uma lesão no ombro. Em sua ausência, Gardner Minshew vem conseguindo deixar o Colts nos jogos, porém ainda comete muitos erros. O jogo terrestre desse ataque conta com a estrela Jonathan Taylor e Zack Moss. Entre os recebedores, destaque para Alec Pierce, Josh Downs e principalmente Michael Pittman. Em números, o ataque é o 6º melhor da liga com média de 25,4 pontos por jogo.

AP Photo/Eric Christian Smith.

Do lado defensivo, a defesa de Indianapolis é a terceira que mais cede pontos por jogo com uma média de 27,3 por partida, uma boa oportunidade para o ataque engrenar. De qualquer forma, a defesa apresenta bons jogadores como Zaire Franklin (LB), Samson Ebukam (LB), Julian Blackmon (SS) e DeForest Buckner (DT).

Quanto as lesões, além de Anthony Richardson, a equipe da casa não irá contar com o CB Julius Brents e o TE Kylen Granson. Além disso, o DT Eric Johnson, o RB Zack Moss e o DB Tony Brown estão questionáveis e podem desfalcar a equipe.

Do lado do Saints, a imagem abaixo mostra apenas o G James Hurst como fora, porém a lista de questionáveis é amedrontadora. Nesse momento eu colocaria a lista dos mais importantes, mas todos os jogadores na lista dos questionáveis são importantes, vale torcer para que ao menos a grande maioria desses nomes consigam ir para o jogo.

Muitos elementos tornam esse jogo muito importante, principalmente o fato de ninguém estar querendo vencer a NFC Sul, colocando qualquer vitória como fundamental para definir o vencedor da divisão. Apesar de ter muito a melhorar, qualquer resultado ao final da temporada que não seja uma vaga para os Playoffs para o Saints será considerado algo decepcionante.

Não se pode esperar uma partida muito técnica e bem jogada, porém colocar esses dois times frente a frente quase que garante um jogo emocionante para essa semana 8. Resta torcer para que o Saints saia vitorioso ao final deste confronto que irá acontecer às 14 horas, horário de Brasília, deste domingo (29), sem transmissão na televisão brasileira.

Imagem destacada: Michael C. Hebert / New Orleans Saints.

Please follow and like us:

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.