Mundo WhoDat

A casa do torcedor do New Orleans Saints no Brasil!

Conhecendo nosso adversário: Carolina Panthers

Após um resultado surpreendente na semana 1, o New Orleans Saints vai voltar a campo nesse fim de semana para enfrentar o seu rival de divisão Carolina Panthers fora de casa, ambos os times buscando iniciar a temporada com duas vitórias.

Como dito acima, a semana 1 da equipe da Carolina do Norte foi muito positiva, vencendo em casa o New York Jets por 19×14 na estreia do novo QB da equipe, Sam Darnold, que fez valer a lei do ex estreando contra seu ex time.

Passando pelo geral do time, o Panthers pode ser considerado um time em reconstrução, que possui jogadores talentosos no ataque e na defesa, mas que ainda busca amadurecer e não possui muita pressa para resultados positivos, focando mais na evolução do time em si. De qualquer forma, a equipe já possui um elenco competitivo e que já deu trabalho para o Saints temporada passada. Bora conhecer um pouco melhor este rival de divisão.

ATAQUE

Christian McCaffrey. Foto de: Chanelle Smith-Walker/Carolina Panthers.

O ataque deste time deve ser julgado cuidadosamente. Na temporada passada, a equipe tinha um ataque que ficava entre os 10 piores da liga em pontos por jogo, mas não contou na grande maioria dos jogos com Christian McCaffrey, e o líder do ataque era o QB Teddy Bridgewater.

Como já citado, o novo quarterback da equipe é Sam Darnold, que foi muito bem no College, mas desde quando veio para a NFL não conseguiu produzir como o esperado após três temporadas no Jets, que era uma bagunça completa. Darnold foi uma aposta da diretoria do Panthers, que ainda acredita que o jogador possa mostrar o talento que o fez ser draftado na terceira posição geral do Draft de 2018, uma situação parecida com a de Jameis Winston no Saints. Fraco adversário a parte, Darnold foi muito bem em sua estreia, sendo seguro, completando 24 dos 35 passes tentados, somando 279 jardas, um TD aéreo e um TD correndo com a bola.

Apesar da nova aposta para liderar o ataque, o fato é que o diferencial acima da média da equipe fica realmente na posição de RB, com o para muitos o melhor running back da liga, Christian McCaffrey. O jogador vindo de Stanford é realmente incrível, possui uma habilidade fora da curva correndo com a bola e recebendo passes, quando saudável é quase sempre o melhor jogador para se ter em um time de Fantasy. Na estreia da última semana, McCaffrey liderou as jardas terrestres do time com 98, e também liderou as jardas aéreas do time recebendo para 89 jardas. Limitar este jogador é um ponto chave para o Saints voltar com uma vitória do Bank of America Stadium.

Indo para o grupo de recebedores, a equipe possui dois nomes muito bons em DJ Moore e Robby Anderson, jogadores talentosos que frequentaram a parte de cima das estatísticas de jardas na temporada passada. Com características verticais, principalmente em Robby Anderson que fez um TD de 57 jardas na semana 1, cobrir o fundo do campo pode ser crucial, além de DJ Moore possuir uma ótima habilidade em correr rotas. Além dos dois, a equipe possui dois TEs que dividem snaps em Ian Thoms e o ex-Saints Dan Arnold, e os WRs Terrace Marshall Jr. e Brandon Zylstra ainda participam de uma porcentagem significativa de snaps.

Fechando o ataque da equipe, a equipe possui uma linha ofensiva razoável, que ocupou o meio da tabela em sacks cedidos por jogo ano passado, que abre bom espaço pro jogo terrestre e cedeu apenas um sack na estreia. Pressionar Sam Darnold e limitar o jogo terrestre de McCaffrey também é algo crucial para vencer, então a batalha das linhas, como sempre, será algo muito importante.

DEFESA

Shaq Thompson. Foto de: Chanelle Smith-Walker/Carolina Panthers.

A defesa de Carolina é mais um ponto que foi foco de melhoras e renovação nos últimos anos, e está em um processo da amadurecimento. Com o Draft de 2020 voltado para peças defensivas e o draft deste ano com o CB Jayce Horn sendo escolhido na oitava posição geral, a equipe possui uma jovialidade e energia muito grande, algo que faz com que não seja fácil batalhar contra eles, apesar de possuírem fraquezas.

Começando pela linha defensiva, é lá que talvez temos o jogador mais talentoso do time, o DE Brian Burns. Além dele, a equipe ainda conta com a escolha de primeira rodada do draft de 2020, o DT Derrick Brown, seu companheiro de posição DaQuan Jones e o jogador do lado oposto a Burns, Morgan Fox. Além deles, Yetur Gross-Matos, Marquis Haynes, Daviyon Nixon e Bravvion Roy também participam de snaps significativos.

O front seven em si, foi responsável pela incrível marca de 6 sacks na estreia, além de segurar o jogo terrestre de NY a apenas 45 jardas. Isso nos leva aos nomes que fecham o front seven, os linebackers. A equipe conta como Shaq Thompson como principal nome, um jogador que possui suas fraquezas, mas vem de uma estreia acima da média com 10 tackles e uma interceptação. Além dele, a equipe conta com a contratação vinda do Cardinals Haason Redick (1,5 sacks na estreia) e o MLB Jermaine Carter. A aposta de Carolina para vencer o jogo passa por mais uma bela atuação desse front seven, parando novamente o jogo terrestre e pressionando o QB do Saints. Porém, esse grupo de linebackers não parecem ter talento suficiente para conter Alvin Kamara recebendo passes no meio do campo, o que pode ser um diferencial para o Saints.

Na secundária da equipe, como dito no primeiro parágrafo sobre a defesa, conta com o novato Jayce Horn, jogador talentoso e agressivo que tem tudo para ser bem sucedido na liga, mas ainda assim é novato. Seu companheiro na posição de CB é o veterano Donte Jackson, que é um jogador ok, porém nada acima da média, sendo um ponto que pode ser explorado para o Saints se sobressair. O grupo de Safeties, por sua vez, conta com o regular Juston Burris e o surpreendente segundanista Jeremy Chinn, jogador que eu particularmente gosto muito, concorreu para defensor novato do ano na temporada passada e é muito veloz e versátil, costumando dominar o fundo do campo do lado defensivo, é importante ter cuidado ao soltar o braço na zona deste jogador.

TIME DE ESPECIALISTAS

Joseph Carlton. Foto de: Chanelle Smith-Walker/Carolina Panthers.

O time de especialistas do Panthers foi totalmente reformulado da temporada passada pra essa, tendo agora o kicker Zane Gonzales no lugar de Joey Slye, o punter novato Joseph Carlton, o também novato Chuba Hubbard retornando kickoffs e o experiente Alex Erickson retornando punts.

Após uma vitória acachapante contra Green Bay, é mais que justificável ficar confiante para uma vitória contra um time teoricamente bem abaixo que o Packers na semana 2. Entretanto, eu não esperaria um jogo tão fácil assim, apesar de ser inegável o favoritismo do Saints. Isso porque a partida ocorre no Bank of America Field na Carolina do Norte, as 14 horas, horário de Brasília, podendo ter situações adversas que compliquem ainda mais o confronto. Vale ressaltar também que este jogo não contará com transmissão da TV brasileira.

Imagem destacada: Chanelle Smith-Walker/Carolina Panthers.

Please follow and like us:

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.