Mundo WhoDat

A casa do torcedor do New Orleans Saints no Brasil!

Conhecendo nosso adversário: Green Bay Packers

A NFL voltou, o Saints voltou, e sabem o que isso quer dizer? O conhecendo seu adversário também está de volta! Ficou desligado sobre a NFL nos últimos meses e nem sabe o que esperar dos jogos desse ano? Não se preocupe, meu objetivo aqui é deixar vocês atentos do que esperar de todos os adversários do Saints na temporada.

O primeiro deles e foco desta matéria é ninguém menos que o Green Bay Packers, dono da melhor campanha da temporada regular pela NFC no ano passado com 13 vitórias e apenas 3 derrotas. Ainda sobre a temporada passada, a equipe de Wisconsin acabou perdendo na final da conferência para o Tampa Bay Buccaneers por 31 a 26.

As equipes que se enfrentarão no próximo domingo (12) já se enfrentaram na temporada regular no ano passado em New Orleans, na partida do fatídico e incrível touchdown do Alvin Kamara, mas que terminou com vitória da equipe visitante por 37 a 30. Vamos então para o objetivo deste, analisar de forma mais detalhada a equipe ainda liderada por Aaron Rodgers.

ATAQUE

Aaron Rodgers e Davante Adams. Foto: Reprodução Twitter/Around The NFL.

O ataque do Packers foi o melhor da liga em pontos por jogo em 2020 com médias de 31,5 pontos por jogo e o segundo melhor em jardas por jogo com médias de 393,8 por confronto. O que mudou do ano passado pra esse? Nomes novos na linha ofensiva com dois novatos, mas nada que mude os rumos do time, o que pode ser algo bom para os visitantes pois o entrosamento pode ser o diferencial nas primeiras semanas.

Sobre posições, o Quarterback do time dispensa comentários: Aaron Rodgers. O que não dispensa comentários são as polêmicas extra campo que rodeiam o QB, rumores de saída durante a offseason e tudo mais. No entanto, Rodgers continuará pelo menos mais essa temporada em Green Bay e, enquanto ele estiver lançando bolas por lá, o ataque desta equipe vai figurar entre os melhores da liga. Atual MVP da liga, o jogador lançou para 48 touchdowns e apenas 5 interceptações no ano passado, além do rating incrível de 121,5.

Partindo para quem ajuda o MVP, a equipe contou na temporada passada com o oitavo melhor jogo terrestre da liga, tendo médias de 131,8 jardas por jogo. Traduzindo isso para nomes, a equipe costuma ter uma divisão interessante entre os corredores, mas com foco maior no RB1 Aaron Jones, que frequenta entre os melhores da liga na posição. O grupo contou com a saída do RB2 Jamaal Williams para o Detroit Lions, o que acaba por “promover” o agora segundo anista A.J. Dillon, jogador com também muito potencial. Por fim, a equipe conta o surpreendente RB Kylin Hill, escolha de sétima rodada do último draft e fez uma ótima pré-temporada.

Se encaminhando para o jogo aéreo, Aaron Rodgers desfruta de um corpo muito interessante de recebedores. Primeiramente, o para muitos melhor WR da liga Davante Adams está em “ano de contrato”, e vem de uma temporada incrível com 1507 jardas recebidas e 20 touchdowns, sendo esta última a melhor marca da liga. Além dele, a equipe ainda conta com o bom WR Allen Lazard, que fez um confronto memorável contra o Saints no ano passado, Marquez Valdes-Scantling que demonstra ter potencial e vai contar com a volta do veterano Randall Cobb a equipe. Dentre os TEs, Robert Tonyan que mostrou se muito bom segue como titular na equipe, tem-se ainda seu reserva, o veterano Marcedes Lewis, além do elogiado Josiah Deguara.

Fechando o ataque, o que pode ser crucial para uma surpreendente vitória do Saints no confronto será a linha ofensiva do Packers. Donos da 4ª melhor posição em média de sacks cedidos por jogo com apenas 1,4 no ano passado, a OL do Packers contou com reformulações e terá dois novatos como titulares: o Center Josh Myers (escolha de 2ª rodada) e o RG Royce Newman (escolha de 4ª rodada). Teremos um confronto interessante no interior das linhas, pois o Saints também não conta com seus DTs titulares.

DEFESA

Jaire Alexander e Kevin King. Foto: Reprodução Twitter/Lambeau Leapers BR.

Bom, se o ataque da franquia de Wisconsin é acima da média, pode se dizer que a defesa do time é no mínimo equilibrada. Eles foram a 15ª melhor defesa em pontos cedidos por jogo com uma média de 23,2, e a 7ª em jardas totais dos oponentes por confronto, cedendo apenas 329,9.

Primeiramente, a linha defensiva do Packers conta com o Nose Tackle experiente Kenny Clark, além dos DEs titulares Kingsley Keke e Dean Lowry, que somaram para 7 sacks temporada passada, o jovem reserva T.J. Slaton também mostra potencial. Como a equipe joga com dois OLBs pressionando o QB, vale colocar os ótimos jogadores Za’Darius Smith (12,5 sacks ano passado) e Preston Smith nesse parágrafo, que contribuíram para Green Bay ter uma defesa top 15 em sacks temporada passada. Vale dizer que ambos estão listados no Injury Report, com Za’Darius treinando limitado sendo listado como questionável, e Preston teve uma lesão na cabeça durante a semana mas deve estar bem para o jogo. Isso pode significar mais espaço ainda para outro ótimo jogador deste front seven, o LB Rashan Gary, que a franquia coloca muitas esperanças e teve 5 sacks ano passado.

No grupo de Inside Linebackers, a equipe acabou perdendo Christian Kirksey e James Burgess para Texans e 49ers respectivamente, e essa deve ser a posição mais delicada dessa defesa, onde o Saints precisa melhor explorar. Os titulares da posição são os jogadores que ainda precisam se provar, Krys Barnes e De’Vondre Campbell, além de Oren Burks e Ty Summers que devem receber alguns snaps. Com Kamara no centro das atenções, o jogo terrestre e os passes curtos podem ser a chave para a equipe de New Orleans se manter no confronto.

Chegando na secundária, a equipe foi dona da 7ª melhor posição em jardas aéreas cedidas por jogo, com uma média de 220,1 apenas. Eles contam com o que para alguns é o melhor CB1 da liga em Jaire Alexander, além dos safeties talentosos Adrian Amos (83 tackles temporada passada) e Darnell Savage (4 interceptações em 2020). A maior deficiência deste grupo se encontra no lado oposto a Alexander, onde, apesar de um trabalho decente na temporada regular, Kevin King, CB2 do time, foi exposto na pós temporada. Entretanto, acredita-se que a solução já está no elenco, a equipe draftou na primeira rodada do último draft o CB Eric Stokes que, por enquanto, é listado como CB3 do time, mas tende a assumir a titularidade em um futuro próximo.

TIME DE ESPECIALISTAS

Mason Crosby. Foto: Will Newton/Getty Images.

O time de especialistas de Green Bay conta com o seguro veterano na posição de kicker, Mason Crosby, e abriu mão de um punter que a equipe havia draftado para contratar Corey Bojorquez, jogador que estava se destacando nos treinos pelo LA Rams. Os retornos de punt aparentam ficar por conta de Amari Rodgers e os retornos de kickoff devem ser feitos pelo RB novato Kylin Hill.

Após está breve análise feita acima, há de se perceber que o adversário que o Saints irá receber no TIAA Bank Field em Jacksonville devido ao Furacão Ida é um time considerado “contender” e que chega com grande favoritismo encarar a equipe em seu primeiro desafio na era pós Drew Brees. A partida terá transmissão dos canais ESPN e irá ocorrer às 17h25min, horário de Brasília.

Imagem destacada: Packers Wire.

Please follow and like us:

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.