Mundo WhoDat

A casa do torcedor do New Orleans Saints no Brasil!

Conhecendo nosso adversário: Tampa Bay Buccaneers

Quatro vitórias seguidas, essa é a melhor maneira possível para chegarmos a esse duelo da semana 9. Faltam 8 semanas para o fim da temporada regular, mas muitos chamam esse jogo de uma “final antecipada”, valendo a NFC Sul.

Como já deduziram, até pela foto e título da matéria (risos), o adversário da vez é o Tampa Bay Buccaneers. O atual líder da divisão possui uma campanha de seis vitórias e duas derrotas. Na semana 1, tivemos o primeiro duelo entre as duas equipes, e o Saints saiu vitorioso por 34 a 23. Depois desse jogo, o Bucs emendou 3 vitórias seguidas: 31 a 17 contra o Panthers, 28 a 10 contra o Broncos e 38 a 31 contra o Chargers. A equipe se mostrou inconsistente quando perdeu por 20 a 19 o TNF contra o Bears, mas voltou com tudo após essa derrota fazendo 38 a 10 no Packers e 45 a 20 no Las Vegas Raiders. Na última semana, no entanto, a equipe sofreu pra ganhar do fraco New York Giants, precisando da ajuda da arbitragem e da fraqueza do Daniel Jones para vencer o jogo por 25 a 23.

Mesmo com certa inconsistência, essa equipe possui grande talento dos dois lados do campo, vamos analisá-los mais afundo.

ATAQUE

Tom Brady e Mike Evans. Foto de: The Canadian Press.

Não é de hoje, o ataque do Buccaneers costuma produzir muitos pontos há um bom tempo. Nessa temporada, a equipe é a quarta melhor da liga em pontos por jogo com uma média de 30,9. Já em jardas, a equipe ser “apenas” a 14ª da liga com média de 368,4 jardas por partida é algo subestimado, visto que turnovers defensivos colocam muitas vezes o ataque em boa posição de campo.

O líder desse ataque, como todos sabem, é ninguém menos que Tom Brady, que, para muitos, está rendendo mais que o esperado. De fato, mesmo vindo de uma partida não muito boa, Brady é um dos candidatos à MVP da atual temporada, e seus números jogam a seu favor. Apesar da média relativamente baixa de 273 jardas por jogo, Brady já lançou 20 touchdowns na temporada e apenas 4 interceptações, sendo apenas uma nos últimos 5 jogos. Além disso, ainda possui o ótimo rating de 103.1 e foi o jogador ofensivo do mês de outubro.

Com certeza, o que ajuda os números do QB foi a panela que o mesmo montou. Além de já possuir dois ótimos WRs com Mike Evans, 7 touchdowns na temporada, e Chris Godwin, 2 TDs na temporada mas questionável devido à uma lesão no dedo, Brady trouxe consigo Rob Gronkowski, um TE que está mostrando que ainda ainda tem lenha pra queimar, colecionando 321 jardas e 3 touchdowns na temporada. Pra fechar a panela, até agora, ainda trouxeram o Antonio Brown, que não merece nenhum destaque aqui, nem em nenhum lugar, mas é importante citar que o jogador que já foi uma estrela anos atrás deve estrear na partida de domingo. Além desses recebedores, TB ainda possui o baixinho Scott Miller, líder em jardas da equipe com 400, além de Cameron Brate que tem um TD e substitui OJ Howard, Tyler Johnson que tem 2 TDs, Justin Watson e Jaydon Mickens.

Concluindo o jogo de passe e partindo pro jogo terrestre, com a volta de lesão de Fournette, as corridas voltam a ser bem divididas em Tampa, e ambos são os RBs recebedores do time também. Ronald Jones II está numa boa temporada com 529 jardas e 4 touchdowns, mas possui umas inconsistências com fumbles, e isso o fez perder espaço para Fournette na última partida, jogador que tem 225 jardas e 2 TDs na temporada. A tendência é a corrida continuar dividida por lá, e terão um matchup complicado contra a boa defesa do Saints contra o jogo terrestre.

Fechando o ataque, temos a OL de Tampa, que, apesar da desconfiança no início da temporada, vem fazendo um ótimo trabalho com seu interior muito forte, além do calouro Tristan Wirfs estar fazendo uma ótima temporada, fazendo o ponto fraco desta linha ser o tackle oposto a ele, Donovan Smith. Vale dizer que o Guard Ali Marpet não jogará devido à uma concussão.

DEFESA

Devin White e Lavonte David derrubam Alvin Kamara. Foto de: DIRK SHADD | Times.

Mesmo com um ataque muito talentoso como visto acima, a defesa de Tampa é o melhor grupo desse time. A equipe é dona da 3ª melhor defesa em jardas totais cedendo uma média de apenas 299,5 jardas por jogo, além de ser a 7ª em pontos cedidos por partida, cedendo uma média de apenas 20,6.

A parte mais talentosa dessa defesa é o front seven. Começando pela DL, que conta com o ótimo DT Ndamukong Suh (4 sacks), além de Steven McLendon adquirido do Jets, William Gholston e Rakeem Nuñez-Roches, que parece ser o elo mais fraco dessa DL. Atacando o QB em si, a equipe ainda conta com dois ótimos jogadores, os dois OLB Jason Pierre-Paul (6,5 sacks, 4ª melhor marca da liga) e Shaq Barrett (3 sacks). JPP está numa temporada sensacional, lembrando o auge da sua carreira, e Barrett, mesmo abaixo da temporada passada em que foi um dos melhores defensores da liga, ainda está bem na temporada.

Fechando esse front seven, temos os linebackers em si do time. Aqui veremos a dupla mais talentosa e perigosa dessa defesa. Vamos começar por Devin White, líder em tackles da equipe com 68, ainda possui 5 sacks, tem uma velocidade incrível e será um matchup dificílimo para o Saints conseguir neutralizar esse jogador. Mas se conseguirmos neutralizá-lo, sobrará só Lavonte David, que possui 60 tackles na temporada e 1,5 sacks. David é um exemplo na cobertura, também é muito rápido e talentoso, foi o jogador defensivo do mês de setembro da NFC e ainda é um dos candidatos a defensor do ano. A habilidade desse front seven é mostrada em números, são os melhores da liga parando o jogo terrestre com média de apenas 70,4 jardas terrestres por jogo, e o segundo time em sacks na NFL com média de 3,5 sacks por jogo.

Pra completar a defesa, temos a secundária, o elo mais fraco dessa defesa mas que nem por isso é ruim. Mesmo tendo uma partida ruim contra o Giants, o que não foi muito evidenciado pelos passes errados de Daniel Jones, a equipe ainda possui um bom talento. Nos cornerbacks, temos Carlton Davis, elogiado por Sean Payton, e que é o líder em interceptações da NFL com 4. Além dele, ainda temos Sean Murphy-Bunting e Jamal Dean como os outros CBs com uma interceptação cada na temporada. Dentre os safeties, temos o calouro talentosíssimo, calouro defensivo do mês de setembro, Antoine Winfield Jr, que possui 44 tackles na temporada, dois sacks e uma interceptação. Seu companheiro no fundo do campo é Jordan Whitehead, que possui dois sacks na temporada, e Mike Edwards não participa tanto do jogo, mas é “sortudo” e já tem duas interceptações na temporada. Essa secundária é a 14ª da liga em jardas aéreas com uma média de 229,1 jardas por partida.

TIME DE ESPECIALISTAS

Ryan Succop. Foto de: pewterreport.com

O time de especialistas de Tampa não possui nada muito alarmante. Ryan Succop é um ótimo kicker que errou apenas dois chutes na temporada, sendo um deles bloqueado, contra o Saints inclusive. O punter é o experiente Bradley Pinnion e os retornos ficam na conta de WR Jaydon Mickens.

Enfim, essa partida está cercada de expectativas, e com razão, dois dos dois melhores QBs de todos os tempos duelando pela divisão e, essa partida, pode ser primordial para o título da NFC Sul. Pode ser uma das únicas vezes que digo isso num passado recente, mas o Saints não é o favorito, Tampa Bay Buccaneers é o favorito para o confronto que irá acontecer às 22h20, horário de Brasília, com transmissão da ESPN.

Imagem destacada: Chase Stevens/ Las Vegas Review-Journal.

Please follow and like us:

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.