Mundo WhoDat

A casa do torcedor do New Orleans Saints no Brasil!
Demario Davis: a epítome de um líder

Demario Davis: a epítome de um líder

Após a aposentadoria de Drew Brees, o vazio de liderança dentro do vestiário dos Saints era enorme. Mesmo assim, os Saints têm Demario Davis e sua liderança é inegável.

Dá pra ver, ouvir, sentir, e até mesmo sentir a gravidade puxando pra isso!

Davis não é perfeito. Na realidade, nenhum herói é. Só perguntar para Drew Brees. Todos os heróis precisam superar obstáculos para se tornar um.

O impacto de Demario nos Saints

Os Saints têm uma história de grandes talentos na posição de linebacker. Os quatro caras chamados de ‘Dome Patrol‘, Rickey Jackson, Pat Swilling, Vaughan Johnson e Sam Mills, sempre serão os favoritos nos corações dos fãs dos Saints e da NFL. Mas a aquisição de Jonathan Vilma e a contratação de Demario Davis renovaram a liderança na posição. Inicialmente ele jogou ao lado do LB A.J. Klein, e ambos começaram a contribuir muito para New Orleans.

Eu me lembro de como o time estava sedento por um middle linebacker playmaker antes da troca por Vilma. Anos depois, lá estava o buraco novamente, mas uma contratação não muito badalada de Demario Davis foi uma vitória imensa da equipe de scouting de Mickey Loomis.

O fato de tanto Vilma quanto Davis terem vindo dos Jets joga um toque final de filé ao gumbo de linebackers do Saints.

Demario sobre os linebackers jovens

Davis entrou calmamente para se reunir com os repórteres dos Saints, quinta-feira à tarde, usando um moletom “diferente”. Mas para um homem em seu próprio direito de ser diferente, Demario ficou lá parado com cara de preparado, confiante, envolvente e falou com otimismo sobre o retorno de Kwon Alexander e os jovens linebackers dos Saints.

“Nós temos um grupo de linebackers jovens e famintos, todos muito atléticos e inteligentes”, comentou Davis. “Tem sido um grupo interessante de se trabalhar junto.”

Atualmente, Demario lidera um jovem corpo de linebackers que está rapidamente se tornando um grupo excepcional. Junto com Davis e Alexander, os linebackers Zack Baun, Pete Werner, Kaden Elliss, Chase Hansen e Andrew Dowell aparecem próximos na batalha pra ficar no elenco.

Mas ter seu “parceiro no crime” – Kwon Alexander – de volta à ação após romper seu aquiles no Natal é uma bênção para a equipe e Demario.

Demario sobre Kwon Alexander

“Kwon é uma fera. Ele joga em alto nível nesta liga há muito tempo, e ele entrou e causou um impacto instantâneo. É por isso que foi tão importante para nós trazê-lo de volta… ele torna nossa defesa melhor como um todo.”

A química de Alexander e Davis os torna uma das melhores duplas de linebackers da NFL. Eles se alimentam da energia e da paixão um do outro, mas também se entendem e se respeitam.

“Ele queria estar de volta em Nova Orleans”, observou Davis.

Respeitado na NFL

Os colegas de Demario na NFL classificaram-no em #64 na versão 2021 do Top 100 da NFL – acima do #67 de 2020. O linebacker All-Pro acumula respeito e admiração por seu trabalho social e de caridade fora do campo. Davis continua trabalhando.

Neste verão, ele foi apresentado em um documentário com foco nas desigualdades das minorias dentro do sistema judiciário dos Estados Unidos.

Além disso, ele e sua esposa Tamela abriram seu food truck para a comunidade de Nova Orleans para o seu projeto social “Jantar com os Davis”.

O casal irá incorporar a vacinação contra COVID-19 à noite “Jantar com os Davis” com a ajuda da Farmácia Winn Dixie.

O desafio para Davis em 2021

Drew Brees e Sean Payton foram as atrações para o interesse de Davis em assinar com New Orleans. Ele se perguntou como um dos melhores ataques da liga ainda tinha dificuldades para vencer e se perguntou se era uma questão defensiva.

“Quando cheguei, percebi que a defesa é bem treinada”, disse Davis. Ele acredita que o objetivo é ter uma das melhores defesas da NFL. Desde 2018, a defesa de New Orleans melhorou de 14ª (2018) para 4ª (2020) com Demario Davis em campo.

Ele disse que ser uma das melhores defesas “exige muito trabalho, individualmente, ser capaz de jogar em alto nível, …mas também prestar atenção na química, na cultura, em desafiar os outros caras”.

2021 será um ano desafiador para Davis e seu grupo de companheiros de defesa. Esta temporada pode ser uma das primeiras nos últimos tempos em que os Saints precisarão contar com sua defesa ao invés do ataque.

Portanto, conseguirá Demario Davis liderar o DE Cam Jordan, o S Malcolm Jenkins, o DT David Onyemata, o CB Marshon Lattimore, o DB Chauncey Gardner-Johnson, o S Marcus Williams e outros para apoiar um novo franchise quarterback em Winston ou Hill?

Veremos.

Traduzido de: si.com

Please follow and like us:

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.