Mundo WhoDat

A casa do torcedor do New Orleans Saints no Brasil!
Por que mesmo sem cap o Saints está gastando tanto para manter Alvin Kamara

Por que mesmo sem cap o Saints está gastando tanto para manter Alvin Kamara

Em breve, o New Orleans Saints provavelmente terá que escolher uma de suas estrelas para dispensar, considerando que o time será amassado pelo salary cap – e bem, o Saints tem uma “péssima” quantidade de estrelas em seu time.

E por algumas semanas, houve a impressão de que Alvin Kamara estava arriscado a ser esse jogador, por conta da posição em que joga.

Mas finalmente o Saints decidiu pagar uma extensão de contrato de cinco anos e US$ 75 milhões (34 garantidos), porque Kamara, com 25 anos, não é qualquer running back.

Este valor é significantemente maior do que os valores que running backs excepcionais como Dalvin Cook, Derrick Henry e Joe Mixon receberam em suas extensões de contrato recentes – porque o Saints está confiante de que Kamara pode produzir mais como corredor e recebedor.

O Saints poderia ter brincado de “vamos ver quem cede primeiro” com Kamara, esperando que ele não entrasse em holdout em nenhum jogo da temporada regular e assim tirando a motivação do jogador em seu ano final de contrato de calouro de US$ 2,133 milhões já descontados.

Mas sem Kamara, o Saints poderia acabar se complicando justamente em uma temporada considerada como “Super Bowl or bust” com seu quarterback de 41 anos, Drew Brees. Mais além, significa que o Saints confia que Kamara faça parte do núcleo de seu ataque depois da aposentadoria de Brees. No ano passado, o Saints também garantiu a permanência de Michael Thomas com uma lucrativa extensão de longo prazo, o que deixa este ataque em boa forma pelo menos em 2021 – não importa quem seja o quarterback.

Maiores Valores Anuais Médios: Contratos de RBs

Em termos de valor anual médio, cinco dos oito maiores contratos de running backs foram assinados em 2020. Quatro dos oito maiores contratos de RBs são de jogadores que vieram da classe do draft de 2017.

RUNNING BACK VAM ANO DE ASSINATURA
Christian McCaffrey $16.0M 2020
Ezekiel Elliott $15.0M 2019
Alvin Kamara $15.0M 2020
Le’Veon Bell $13.1M 2019
David Johnson $13.0M 2018
Dalvin Cook $12.5M 2020
Derrick Henry $12.5M 2020
Joe Mixon $12.0M 2020
Em suas três temporadas, Kamara tem um total de 2.408 jardas corridas, 2.068 jardas recebidas e 38 touchdowns. Ele terminou cada ano com, exatamente, 81 recepções – apesar de ter perdido dois jogos na temporada passada com lesões no joelho e no tornozelo, que o prejudicaram nos três meses finais. Não é difícil imaginá-lo fazendo 100 recepções numa temporada, principalmente se o Saints se encontrar mais vezes atrás do placar, em vez de jogos com vitórias tranquilas.
 
Desde 2017, Kamara é o segundo colocado no ranking de recepções e no ranking de jardas recebidas por um running back, atrás de Christian McCaffrey. E para demonstrar ainda mais sua versatilidade, Kamara é o primeiro colocado entre todos os backs com 399 jardas recebidas fora do slot nesse mesmo período, de acordo com a ESPN Stats & Information. Ele tem ainda 250 jardas recebidas quando alinhado nas laterais.
 

Lembrando que, neste mesmo momento no ano passado, Kamara e McCaffrey competiam fortemente entre os mais dinâmicos dual threats da NFL. Na verdade, Kamara estava à frente de McCaffrey no Top 100 da NFL Network de 2019, enquanto o Ranking NFL da ESPN tinha McCaffrey na 22ª posição, com Kamara na 26ª.

Então McCaffrey passou à frente tornando-se apenas o terceiro jogador da história da NFL com 1000 jardas terrestres e 1000 jardas recebidas, além de ser nomeado como first-team All-Pro, enquanto Kamara tinha sua temporada menos produtiva por conta das lesões.

Mas a premissa permanece verdadeira: Kamara é um talento que resolve jogos. Mas claro, há ainda certas preocupações que dizem respeito ao contrato de qualquer running back.

A primeira seriam as lesões, que já afetaram Kamara. O jogador de 1,78 m e 98 kg disse que estava jogando “com uma perna só” depois de sofrer uma lesão no joelho na Semana 6 da temporada passada. Ele também esteve um pouco machucado no começo de 2018, sobrecarregado pela ausência de Mark Ingram devido a uma suspensão de quatro jogos.

Kamara foi fenomenal em seu “show solo” durante aquelas quatro semanas, liderando a NFL com 611 jardas de scrimmage e empatado na liderança da NFL com seis touchdowns.

Ele também começou a temporada passada de forma tremenda, com 169 jardas de scrimmage na vitória sobre Houston na Semana 1, 161 jardas e 2 TDs na vitória sobre Seattle na Semana 3 e absurdos 25 tackles quebrados nas primeiras quatro semanas (de acordo com o Pro Football Reference).

Mas no geral, o Saints acredita que aquela sobrecarga cobrou seu preço – por isso eles também investiram no backup veterano Latavius Murray uma vez que Ingram deixou o time na free agency. Nos últimos dois anos, enquanto estiveram atuando 100%, Kamara tem uma média de 42 snaps por jogo, em comparação com 60 de McCaffrey.

O segundo “risco” no contrato de running backs é que seus substitutos podem ser encontrados por um preço razoavelmente barato. O primeiro a ser draftado este ano foi Clyde Edwards-Helaire na posição nº 32. Enquanto isso, veteranos como Leonard Fournette e Adrian Peterson foram liberados por seus times na semana passada, ao passo que Devonta Freeman ainda continua sem time.

Não passou despercebido pelo Saints que raramente se veem running backs caros encabeçando rosters vencedores de Super Bowl.

E por último, mas não menos importante, há a situação preocupante do cap do Saints. Mesmo antes de ter assinado com Kamara, o time já tinha mais de US$ 240 milhões projetados em salary-cap para 2021, de acordo com o ESPN Stats & Info. E por conta das perdas em receitas devido a pandemia de coronavírus, o cap poderia cair até US$ 175 milhões por time no próximo ano.

Além do mais, está se aproximando o fim dos contratos de outros excepcionais jogadores como o linebacker Demario Davis, os offensive tackles Ryan Ramczyk e Terron Armstead, o cornerback Marshon Lattimore e o safety Marcus Williams.

Há formas criativas para o Saints conseguir as renovações empurrando milhões em custos no cap para anos futuros. Mas o time está bem ciente de suas limitações financeiras – razão pela qual não obteve sucesso na empreitada de assinar com o defensive end free agent Jadeveon Clowney na semana passada.

Por isso, a própria disposição do Saints em pagar este valor para Kamara fala por si sobre o quanto o time valoriza o jogador.

Texto de: Mike Triplett | ESPN

Traduzido de: espn.com

Please follow and like us:

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.