Mundo WhoDat

A casa do torcedor do New Orleans Saints no Brasil!
Pré jogo: Em busca da redenção

Pré jogo: Em busca da redenção

Após 4 semanas de futebol americano, a expectativa de quase todos os torcedores do New Orleans Saints já foram ajustadas. Depois de um início 2-0 com duas vitórias apertadas, os erros cometidos pela equipe começam a culminar em derrotas.

O principal “culpado” das derrotas é uma unanimidade: o ataque. As respostas podem variar, de Pete Carmichael, Derek Carr, a linha ofensiva e até o próprio Dennis Allen, mas o final é o mesmo, a baixa produtividade ofensiva da equipe. O maior problema é que essa está sendo uma deficiência crônica da equipe desde a saída da dupla Drew Brees e Sean Payton.

Apesar dos resultado longe de serem satisfatórios, ainda existe certa relutância do staff em fazer modificações na comissão técnica, seguindo defendendo o indefensável, no caso, Pete Carmichael. A equipe reforçou ainda mais o ataque, trouxe jogadores capazes de produzir e ainda assim segue sofrendo para colocar pontos no placar.

Como as mudanças não acontecem, para nós, torcedores, resta literalmente apenas torcer. Alguns torcem para que o ataque continue mal e Pete Carmichael seja demitido, outro lado torce por um milagre que faça o setor “virar a chave” e mudar da água para o vinho. Sinceramente, ambas as torcidas são entendíveis, mas a partir do momento que a bola voa pela primeira vez, particularmente ainda não possuo a capacidade de torcer “contra”.

Matthew Hinton-USA TODAY Sports.

Fato é que as coisas precisam melhorar, e o Saints terá mais uma bela chance disso acontecer enfrentando mais um adversário considerado fraco, o New England Patriots. Dono de uma campanha 1-3, o time que divide a lanterna da AFC Leste sofre ainda mais que o Saints para se encontrar na temporada e, por outro lado, vê o fato de receber o enfraquecido New Orleans Saints como uma oportunidade de se reerguer na temporada.

Alguns dos matchups da partida são favoráveis para o Saints. Mesmo depois de uma partida abaixo da média, a defesa com certeza tem a capacidade de se impor contra o cada vez mais questionado Mac Jones, e o grupo de recebedores do Saints enfrentará uma secundária de New England que está sofrendo com lesões.

Falando em lesões, o Injury Report de ambas as equipes está recheado, abaixo podemos ver como ficou o status dos jogadores do New Orleans Saints, com jogadores muito importantes podendo perder a partida de domingo.

Do lado do Patriots, além da já esperada perda do importante cornerback Christian Gonzalez, a equipe também não contará com Matt Judon. A lista de questionáveis de New England conta com incríveis 10 nomes, você pode encontrar o Injury Report completo aqui, mas destaque para a possível ausência de jogadores como Trey Flowers (LB), Davon Godchaux (DT), Rhamondre Stevenson (RB) e Trent Brown (OT).

Apesar de ter cedido 38 pontos para o Dallas Cowboys, a defesa de New England havia feito um bom trabalho nas primeiras semanas e pode oferecer uma dificuldade a mais para o ataque do Saints que já costuma se complicar sozinho. Jogadores como Kyle Dugger, Jabrill Peppers e Jahlani Tavai possuem grande capacidade na defesa, além de Matt Judon e o próprio Christian Gonzalez, principais nomes, mas que não irão participar da partida.

O ataque de New England, apesar de Mac Jones, possui nomes interessantes e perigosos, caso do RB Rhamondre Stevenson, do TE Hunter Henry e os experientes recebedores Kendrick Bourne, DeVante Parker e Juju Smith-Schuster. Esta é mais uma partida na qual seria muito importante uma boa atuação da linha defensiva para facilitar o trabalho da secundária.

Michael Ainsworth/AP Photo.

Entrando no escopo histórico do confronto, Patriots e Saints se enfrentaram apenas 15 vezes na temporada regular, com 10-5 a favor para a equipe de Bill Belichik, um dos maiores a treinar neste esporte. O último confronto entre as equipes, no entanto, terminou com a primeira vitória da história do Saints no Gillette Stadium pelo confortável placar de 28 a 13.

A cobrança da mídia em New Orleans finalmente foi mais incisiva essa semana, Alvin Kamara salientou que as coisas precisam mudar ofensivamente, e o mais importante para essa partida é que exista uma mudança da postura ofensiva da equipe nesse jogo. Caso isso acontecer, o New Orleans Saints tem totais condições de sair de Foxborough com um resultado positivo.

Entretanto, caso o ataque não responda as críticas, esse pode ser mais uma partida totalmente contornável que pode escapar das mãos de Derek Carr e cia. A partida irá ocorrer às 14 horas, horário de Brasília, sem transmissão na TV brasileira, e tende a ser mais um confronto com as defesas sendo protagonistas.

Imagem destacada: Saints Wire/USA Today.

Please follow and like us:

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.