Mundo WhoDat

A casa do torcedor do New Orleans Saints no Brasil!

Saints abaixo do teto em US$ 9,6 milhões depois de assinar com Tyrann Mathieu, Jarvis Landry e a classe do draft de 2022

Por Ross Jackson, traduzido por Bruno Starling

Começar a offseason no vermelho em mais de US$ 70 milhões preocuparia a maioria das equipes. Mas não o New Orleans Saints.

Depois de liberar mais de US$ 100 milhões em compromissos de teto salarial pelo segundo ano consecutivo, os Saints encontraram armas-chaves em ambos os lados da bola e conseguiram importantes acréscimos em sua classe do draft de 2022. Agora, depois de assinar todos esses acordos, os Saints ainda se encontram abaixo do limite, com US$ 9,6 milhões para gastar — os registros do Over the Cap colocam New Orleans com US$ 12,6 milhões abaixo do teto, mas ainda não incluem o contrato assinado com Jarvis Landry.

Os mais novos free agents contratados pelos Saints são o All-Pro safety Tyrann Mathieu (US$ 3,4 milhões), e Jarvis Landry, Pro Bowl wide receiver (US$ 3 milhões), além de toda a sua classe do draft de 2022 (US$ 8,3 milhões para o receiver Chris Olave, left tackle Trevor Penning, cornerback Alontae Taylor, linebacker D’Marco Jackson e o defensive lineman Jordan Jackson) cujos contratos, combinados, somam pouco mais de US$ 14,7 milhões.

New Orleans fez um trabalho notável estruturando contratos favoráveis à equipe por suas impactantes contratações de free agents e se beneficiou de sua abordagem paciente do mercado. Além disso, nem Mathieu nem Landry contarão para a fórmula de escolhas compensatórias para os Saints no draft de 2023.

Agora, com mais de US$ 12 milhões restantes, os Saints poderiam promover outra reunião de ex-jogadors da LSU, trazendo de volta o linebacker Kwon Alexander, ainda um free agent. Este seria um movimento que ajudaria a potencializar o segundo nível da defesa. Contudo, também poderiam optar por acumular a maioria desses fundos como seguro para quaisquer problemas com contusão ao longo da temporada e levá-los para 2023 como uma medida de controle do teto salarial antes da próxima temporada. Trazer Alexander de volta continuaria o ímpeto do que se transformou em uma offseason muito emocionante, mas a decisão menos emocionante de guardar dinheiro para o próximo ano é pragmática e sábia.

Traduzido de: saintswire.usatoday.com

Please follow and like us:

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.